Ministro da Defesa avalia que militares precisam de regras diferenciadas na aposentadoria

10/01/2019 - 10:51

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva defendeu que a reforma da Previdência deve avaliar regras diferenciadas para militares. Em discurso nesta quarta-feira, 9, o ministro fez uma referência à atuação do almirante Leal Bacellar Ferreira, que deixou o comando da Marinha.

O ministro fez a declaração durante a cerimônia de transmissão de cargo do Comando da Marinha, que passa a ser chefiado pelo almirante de esquadra Ilques Barbosa Junior. 

O novo comandante afirmou que a Marinha vai seguir a orientação do ministro da Defesa, que está tratando da situação militar na reforma da Previdência. No entanto, ele também defendeu que a discussão sobre a idade mínima de aposentadoria para militares precisa ser analisada com cuidado.

O presidente Jair Bolsonaro chegou em uma lancha presidencial à cerimônia de Transmissão de cargo da Marinha em Brasília. Bolsonaro não discursou durante o evento, como diz o protocolo, e deixou o local sem falar com a imprensa.